(Des)comprometida

IMG_1753

Chuva que me cai
Condena meu corpo de sofrimento
Apaga meu sorriso de todo o encantamento
Que minha vida pode ter

Chuva que me cai
Me prende a todo feitiço
De fácies tristes e chorosas
Neste meu mundo de existência

Toda a chuva me molha
Deixa lânguidos meus cabelos
Minhas mãos enrugadas
Minha pele encolhida
Com sombras desenhadas em mim

Deitada sobre toda a minha pessoa
Fico eu
Só!
Chuva vem, continua
Que ainda não sei o que é a cor!